DA SEMANA

Domingo passado (14/06) eu estava em casa assistindo um programa comum de domingo na globo, o famoso Esquenta, que eu adoro diga-se de passagem. E teve várias reportagens legais e interessantes nesse dia, e que para mim vale ser lembrado como o melhor da semana.

Tudo começou quando eles estavam falando sobre uma campanha que existe no sul sobre a campanha do agasalho, você doa uma roupa em um cabide e pendura pela cidade, e que sinceramente achei o máximo, o nome da campanha é Amor no cabide e vocês podem ler mais sobre isso clicando aqui. As “autoras” do projeto são três amigas (Helena, Luana e Laura; vocês são demais) e a proposta era tornar tudo uma “boa ação” E deu tão certo que já se expandiu para outros estados.

Após toda explicação do projeto e das meninas, a apresentadora chamou um senhor, com uma aparência carente e pediu para que ele contasse a história de vida dele. Ele já morou na rua, e disse também o preconceito que as pessoas tem com quem mora nas ruas, explicou que muitas vezes eles bebem para se “proteger” do frio, para deixar o corpo quente. Claro, que tem muitos que são mal-educados sim e mexem com você e te desrespeita, mas nem todos são assim não é?!

Tentei achar um link que contasse a história dele e as palavras exatas que aquele senhor disse porque foram muito lindas, mas infelizmente não achei (perdão gente). Mas teve uma parte que me deixou bem tocada e que lembro das palavras um tanto quando perfeitamente:

“… foi naquela época em quando o amor era de verdade!”

Foi então que comecei a prestar mais atenção nas palavras dele, e confesso que deu uma enorme vontade de chorar. Essas palavras saíram após ele contar que perdeu os pais cedo e que um deles morreu de saudade, solidão. É uma frase linda e ao mesmo tempo te faz pensar em muitas coisas, eu particularmente me desliguei um tempo do mundo e parei para pensar em cada palavra que ele disse naquele dia e desde então me vigio bastante sobre minhas atitudes.

Sempre tive medo de passar ao lado de alguns moradores de rua, era automático, eu via um e atravessava a rua. Mas nessa semana decidi passar ao lado, e durante essa semana inteira o que me veio a cabeça todas as vezes que passei por eles foi “eles são pessoas normais” ou “o que trouxe eles para essa vida” e assim estou fazendo nessa nova etapa. Ainda não tive a oportunidade de doar algumas roupas, mas sinceramente, que falta vai fazer para você que tem muita em comparação à quem não tem nada?

É um privilégio se tornando em ação, vamos fazer parte dessa campanha. Com muita alegria, lógico, ajudar quem realmente precisa!!

assinatura nova

Anúncios

7 comentários sobre “DA SEMANA

  1. Obrigada flor, fiquei a semana toda ansiosa por poder fazer esse texto hoje!! Nunca liguei em ajudar, e nunca quis na verdade. Mas depois que vi aquele homem falar era como se alguém estivesse apertando meu coração e me fazendo olhar para o mundo com os olhos certos.. Obrigada pelo comentário anjo, linda essa atitude também 💟

    Curtir

  2. Essas coisas alimentam a alma, e emocionam mesmo. É absurdamente lindo que existam pessoas com essas ideias e que muitos sigam, na minha sempre separamos brincados, roupas e comida pra levar em orfanato, o coração aperta quando chega mas saímos de lá com vontade de querer fazer + o bem rs
    Lindo o post e que isso seja inspiração para muitos ♥

    Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Não consegui curtir seu post mas li tudo e achei lindo. Aqui na minha cidade nós fazemos as doações nas igrejas, acho linda essas atitudes. Parabéns pelo lindo post e espero que pessoas como essas meninas do Sul possam sem multiplicar Brasil a fora. Beijão 😘❤️

    Curtido por 1 pessoa

Deposite nessa caixinha abaixo sua singela opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s