Experiências da vida [Parte I]

Sou Guilherme, personagem da mais empolgante vida de todas, tenho 23 anos, sou do signo de peixes, muitos sabem que peixes não são dos mais fáceis de se lidar, ciúmes, intriga, posse… Tudo isso faz parte de uma pessoa de um só signo, mas que somos apaixonantes, ah com certeza isso somos, carinhosos, imprevisíveis, dispostos e bons de cama, não estou querendo me achar não, mas pergunte para quem já ficou com alguém de peixes.

No longo dos meus 23 anos tive três namoradas, das quais me entreguei de cabeça (o que também faz parte do meu signo). A primeira namorada foi a Clara, nós dois eramos bem novos, e começamos o relacionamento como amigos, melhores amigos e para falar a verdade era o relacionamento perfeito, nos falávamos o dia todo, mensagem de texto ou por telefone, a gente se via apenas três vezes por semana, afinal eu tinha meus 16 anos e não tinha carro nessa época. Ela era apenas 1 ano mais nova do que eu, e eu estava perdidamente apaixonado.

Comecei a esquecer de mim… Esqueci do meu amor próprio, tudo o que eu fazia era por ela, não por nós, e isso me fez muito mal. Com o tempo fomos crescendo, tive meu primeiro carro, ainda pensando em nós, porém ela começou a ver a vida de outra forma, não queria nem saber mais de mim. Algumas amizades fizeram com que ela tivesse outros pensamentos, enfim, após dois anos e meio de namoro, meu mundo desabou. Eu servia as forças armadas, e tudo lá dentro me abalava o psicológico, mas a vida não para e surgem pessoas que nos fazem muito bem.

tumblr_lftpk375Pi1qczfi2o1_500_large

Um ano depois conheci a Camila, também mais nova do que eu, mora em outra cidade, mas esse não era o maior obstáculo, passei por muita coisa ruim incluindo a distância, a saudade, vendo apenas nos fins de semana, e as vezes nem isso. Já fiquei um mês sem encontrar ela,  e a saudade era enorme, e como quem conhece peixes… o ciúmes, a desconfiança e talvez até a insegurança não era muito a favor nisso. Bom, 3 anos depois, outro termino, eu já  estava desanimado dessa vida de namoro, afinal, eu estava com 22 anos, todos meus amigos namoravam e eu não, eu ficava de galho em galho, uma ficada ali, uma paixão aqui, encontrei o “amor da minha vida” pelo menos umas 4 vezes.

CONTINUA…

Me acompanhe também pela página do blog: Borboletas no Estômago

Anúncios

4 comentários sobre “Experiências da vida [Parte I]

Deposite nessa caixinha abaixo sua singela opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s