Experiências da vida [Parte II]

CONTINUAÇÃO…

Até que então em uma dessas saídas com os amigos, vi de longe uma garota loira, olhos claros, um corpo que fazia meu estilo (fofinha)… Não sabia nome, telefone, ciclo de amizade, não sabia definitivamente nada, mas me objetivei a procurar por ela, até que encontrei por uma página de rede social. Conheci, ficamos, namoramos por  06 meses, mas juro… que seis meses foram aqueles.

Não, não foi dos melhores. O que era para ser a melhor fase da minha vida, foi a pior. Era só briga, intriga, tudo o que eu fazia estava errado, tudo o que eu fazia era errado, não acertava em nada, para ela eu era do tipo imaturo, afinal eu estava com 23 anos e ela 27. Me fez sair dos meus princípios, o que me fez conhecer outra pessoa e me encorajar a sair dessa vida ruim. Sim, novamente “larguei mão” dessa vida de namoro, coisa chata, duas pessoas que eram para ser felizes, só brigavam, enchia o saco, cobrava. Parecia casado, desisto, não quero mais isso para mim!

Só que a carência bate meu irmão, e quando ela bate, não adianta fugir, você vai se desfazer dela em baladas, ou rolês com amigos que tenham várias meninas para te saciar. Vão te mostrar que você é o melhor, o bom de cama, com essa carência você vai querer se apaixonar outra vez e com isso vai começar a sentir falta da ex, vai querer passar de novo por tudo o que passou, mas graças a Deus fui forte. Tive sim meus deslizes, minhas quedas, liguei para minha ex, afinal que bêbado nunca fez isso ?

tumblr_m8da7pIcgV1qkvdvvo1_r1_500

Eu não estava nos melhores momentos, até que pedi para uma amiga que me apresentasse alguém, alguém que fizesse a diferença na minha vida, que fosse companheira parceira, estudiosa, fofinha rs, do jeito que eu sempre gostei. E bom, ela apresentou… Ai começa outra historia. Eu  peguei seu telefone e começamos por via de um aplicativo a conversar, até porque, essa minha amiga disse que essa garota havia me achado bonito, e que ela faria meu tipo, por que não tentar? Puxava assunto, todos os dias dando bom dia, boa tarde e boa noite, mas infelizmente o assunto não ia além de algo sobre trabalho ou faculdade, até que “larguei mão”.

Mas quantas desistências não é? Sim, a vida desanima você várias vezes, mas cabe a você tentar se redimir e tentar seguir em frente…

CONTINUA

Para quem não leu a primeira parte: Experiências da vida [Parte I]

Me acompanhe também pela página do blog: Borboletas no Estômago

Anúncios

7 comentários sobre “Experiências da vida [Parte II]

Deposite nessa caixinha abaixo sua singela opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s