SCRIPT DE TÉRMINO

Nunca fui muito boa pra dispensar carinhas. Isso porque eu mesma já fui dispensada várias vezes e sei o quanto a sensação machuca. Estar com esse tipo de decisão nas mãos me assusta tanto que eu sempre acabo colocando um final numa relação de forma impessoal. Uma cartinha escrita aqui, uma mensagem enviada ali… A questão é que você não é só um carinha e merece bem mais que a minha covardia.

Você é uma pessoa incrível da qual eu não soube cuidar. Não estou dizendo aquele clichê de que “o problema sou eu, não você”, porque nenhum de nós é o problema. Apenas não consegui lidar com a situação de ter alguém da forma como nos tivemos. Foram 32 meses de muita cumplicidade e é isso o que eu quero manter recordado.

Não imagino um ex-namorado amigo, embora você tenha cumprido esse papel de companheiro tão bem que quase me fez mudar de ideia. Quase. Ainda seria torturador para ambas as partes continuar com qualquer tipo de contato.

Com isso, não quero que pense que há chances de um dia reacendermos nossa chama. Se eu não te vejo no meu futuro significa que estou barrando o destino de outra mulher, uma mulher que se sinta feliz ao seu lado. Está na hora de procurar alguém que nos faça querer ser melhor. Alguém que nos preencha, que tenha os mesmos princípios e os mesmos planos pra essa vida tão curta.

Por mais que eu tenha uma noção do quanto isso vai te surpreender e decepcionar, saiba que a dimensão do que estou sentindo não fica atrás. Minha cabeça está machucando meu coração há tempos porque tenho medo das consequências dessa decisão, apesar de saber que é a correta. Então me ajude a encarar isso como algo benéfico.

Não pense que é tarde pra buscar um novo amor. Tome a situação como um incentivo para voltar pra academia e conquistar sonhos pessoais. Não guarde mágoa ou rancor, porque a tristeza sempre passa e acaba nos tornando mais fortes. Mantenha-se “pra cima” e lembre-se de mim como uma lagarta que precisava virar borboleta. Obrigada pela tentativa de ajuda, mas esse é um processo de metamorfose autônoma, a solidão nunca foi tão bem vinda!

Com carinho,
Lagarta Anônima.

[Texto enviado por uma de nossas leitoras que prefere não ser identificada.]
Curta nossa página no Facebook: Borboletas no Estômago

Anúncios

2 comentários sobre “SCRIPT DE TÉRMINO

Deposite nessa caixinha abaixo sua singela opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s